20 de mai de 2013
0 comentários

Jornalismo – Na produção de conteúdo digital, a sobrevivência do ofício


Nas cadeiras universitárias do curso de jornalismo estão mentes que amam a carreira, mas não sabem bem por onde seguir. A pergunta fica: onde buscar exercer, que tipo de mercado ainda estaria apto a contratar um jornalista para preencher suas necessidades? A questão pode parecer bastante complexa, mas o conteúdo digital renova as forças do Jornalismo.

Quem está imerso na web sabe que a frase “conteúdo é rei” está cada dia em maior evidência. E numa fase na qual todos podem escrever o que bem entendem,encontrar credibilidade está cada dia mais difícil. O jornalista tem o papel de produzir conteúdo de qualidade sob a chancela de ser um profissional que usa a credibilidade como sua maior arma, seu cartão de visitas mais importante.

Surge na vida do jornalista o marketing de conteúdo. O consumo na web é mais do que uma realidade, é uma necessidade, seja produtos físicos ou simplesmente voltados à informação. Tudo é baseado em conversão e quem contextualiza, comunica e interage melhor com este público à deriva na web, naturalmente tem mais sucesso. O Jornalismo tem no marketing digital um aliado pela sua sobrevivência saudável.

Então o que muda no exercício da carreira? Esta pergunta pode ser feita por muitas pessoas que não sabem bem como funciona a produção de conteúdo digital. Mas quem é profissional formado sabe que uma boa matéria jornalística deve conter uma apuração consistente e personagens que deem vida a este conteúdo textual. Na internet, o jornalista ganha um poucomais de liberdade e seu estilo de escrita passa constantemente pelo campo publicitário, apelando para elementos que impulsionem o desejo do seu cliente.  É o mais próximo que conhecemos por assessoria de comunicação.

Além da geração de conteúdo informacional, é papel deste profissional estar sempre voltado aos interesses do seu cliente. A produção de sentidos é voltada aos interesses de alguém. Esse cenário só muda quando o jornalista se insere em algum portal de notícias, com moldes similares às redações de jornais impressos e de outras mídias tradicionais. Quando o assunto é marketing, sempre haverá a defesa de interesses, o que não significa que serão fabricadas novas realidades.

Este é um guest post escrito por Rafael Monteiro

Rafael Monteiro é Jornalista por formação e analista de marketing digital na Fizzy Marketing Digital. Ele acredita que mundo digital é o melhor lugar para o profissional de Jornalismo continuar sua luta de forma digna.

Sobre o Autor:
Guilherme Ludwig é o criador da Coluna Digital. Jornalista, encara a profissão como um estilo de vida. Seu objetivo é trabalhar com jornalismo digital focado na área de Tecnologia. Google+ - Twitter - Facebook - Site

0 comentários :

Postar um comentário

 
Toggle Footer
Top